Ser uma Bruxa é ter a Força dos Céus e das Trevas A Luz do Sol O Brilho da Lua O Resplendor do Fogo A Presteza do Vento A Profundidade do Mar A Estabilidade da Terra e a Firmeza de uma Rocha.

domingo, 21 de novembro de 2010

)O( ASAS NEGRAS. )O(

OS CORVOS NEGROS.
QUE HOJE ME CERCAM COMO A UM ESPANTALHO.
ANTES ME VISITAVAM EM SONHOS OBSCUROS.
ENTRE PAREDES DE INTENSO CARMIM.
BEIJANDO-ME A BOCA SEDENTA DE SANGUE PROFANO.

VENHA A MIM.
NAQUELA TRILHA FRIA E SOMBRIA.
ATRAVÉS DA NÉVOA DA INCERTEZA.
CAMINHE PARA DENTRO DA ESCURIDÃO.
APENAS SIGA MEUS SUSSURROS INFAMES.
SE DISPA DA PUREZA.
E SE VISTA COM O VÉU DA NOITE FRIA.
PERCA-SE EM MEUS SONHOS MÓRBIDOS DE EXTREMA LOUCURA.
E DELICIE O ORVALHO FLAMEJANTE.
QUE LHE CAI SOB A BOCA ABERTA DE PAVOR.
ESCREVI SEU FUTURO.
NA PALMA DE MINHA MÃO.
E TE SUBLIMEI EM MEUS PENSAMENTOS ANDRÓGENOS.
GUIEI-TE PELO VALE DA ESCURIDÃO MAIS PROFUNDA.
E TE FIZ ETERNA DENTRO DE MIM.
MINHAS ASAS NEGRAS SE ABREM SOB SUA PELE ALVA.
PENETRO SUAS ENTRANHAS COMO UM ANIMAL FAMINTO.
DESVENDANDO SEUS SEGREDOS DEVASSOS.
ENALTECENDO SUA ALMA MÓRBIDA E DE INSTINTO CRUEL.

OS CORVOS NEGROS.
QUE HOJE ME CERCAM COMO A UM ESPANTALHO.
ANTES ME VISITAVAM EM SONHOS OBSCUROS.
ENTRE PAREDES DE INTENSO CARMIM.
BEIJANDO-ME A BOCA SEDENTA DE SANGUE PROFANO.

)O( Lilith, a Lua Negra. )O( ...

Um comentário:

Levoust Leandro disse...

Olá Lilith, como vai? Gostaria de lhe dizer o quanto gostei do seu poema, ele tem uma profunda reflexão do qual me roubou algum tempo, me perdi em suas frases e simplesmente o-achei maravilhoso. Você escreve muito bem, estarei sempre te acompanhando...
Doces beijos.

 
©2007 '' Por Elke di Barros
Acessos: